O frescor e a elegância dos azulejos portugueses podem alegrar a decoração da sua próxima festa. Como base da ambientação ou em detalhes pontuais a combinação do azul e branco aparece em pequenas estampas de arabescos e motivos florais. Fáceis de combinar com tons vibrantes como amarelo, vermelho e verde, podemos garantir que o resultado será uma decoração sofisticada e única.

 

{ Foto: Rodrigo Sack }

 

Usar um elemento decorativo como peça chave pode abrir muitos caminhos, inclusive levar esse detalhe para o convidado antes mesmo da festa começar, através do convite. As imagens dos azulejos portugueses são diversas e alguma delas pode ser eleita como principal, ganhando destaque na parte interna do envelope.  Usar pequenos fragmentos de azul e branco também é uma possibilidade para adiantar aos amigos e familiares do que se trata a decoração do seu grande dia.

 

{ Foto: Simplesmente Branco }

 

A papelaria personalizada vai muito além do convite: com essa temática é possível criar marcadores de mesa pra lá de interessantes!

 

Hoje em dia é muito comum que empresas de decoração de festas criem seus próprios backdrops de acordo com o pedido do cliente. Vale escrever o nome e o curso do formando ou simplesmente fazer um mix de estampas para compor o cenário.

 

{ Foto: Rodrigo Sack }

 

Não é difícil encontrar pratos e suportes de doces em porcelana portuguesa, o que facilita muito na hora de decorar o ambiente. Para não pesar, vale intercalar mesas com toalhas lisas e louças decoradas, assim como toalhas na estampa portuguesa com louças lisas em azul ou branco. O uso de sousplats também pode tornar a mesa interessante, além de trazer um tom mais sofisticado ou rústico, dependendo do material escolhido.

 

{ Foto: Inesquecível Casamento }

{ Foto: Apenas três palavras }

 

Os vasos decorados em azul e branco também são um charme que facilitam a composição!

 

{ Foto: Blog Anfitriã }

{ Foto: Holy Bride }

 

Lembrancinhas são sempre super bem vindas. Desde a estampa da embalagem dos bem-formados até os mais mais criativos, é fácil adaptar essa temática.

 

 

UM POUCO DE HISTÓRIA

 

O uso de azulejos na decoração é uma prática bem comum. As peças mais antigas são de 5000 a.C no Egito, com o povo muçulmano começando a incorporar o azulejo posteriormente em sua arquitetura. Mais tarde, as peças de cerâmica decorada foram levadas à Península Ibérica pelos Mouros, começando pela Espanha e rapidamente conquistou toda a Europa. Porém, foi no século XVI que a arte de pintar e decorar azulejos tornou-se uma manifestação cultural em Portugal. Assim surgiram os famosos azulejos portugueses, ricos em detalhes. Na maioria das vezes os desenhos trazem arabescos e motivos florais. Também é fácil encontrar algumas cenas pintadas em azul. A riqueza desses trabalhos minuciosos tornaram os azulejos portugueses obras de arte!

 

Se de tanto falar em azulejo português você lembrou da gastronomia lusitana, que tal conferir AQUI uma sugestão de menu que escrevi depois de visitar o Tejo Restaurante, em Brasília? Tem um prato português melhor que o outro… yummy! Deu até água na boca 😉


Deixe uma resposta

*