Gastronomia

Menu português

Posted in Gastronomia | By Camila Batista |

A equipe Cheers vai estar dividida por uma semana! Eu estou explorando Brasília enquanto a Tati segue firme e forte na agenda em Porto Alegre. Mal cheguei e já tem post inspirado no que encontrei por aqui. A primeira parada da minha viagem para a capital federal foi o Tejo Restaurante, onde comi o melhor bolinho de bacalhau da minha vida! E ainda descobri mais um doce zero lactose que é uma delícia <3 Inspirada na culinária do Tejo venho propor um menu português para a sua festa!

 

 

ENTRADA

 

Bolinho de bacalhau é sempre uma boa opção para entrada, pois é fácil de comer e pode ser servido em porções nas mesas dos convidados. Se a comemoração acontecer no inverno outra alternativa deliciosa é o caldo verde. A sopa mais tradicional de Portugal é feita com purê de batata e couve-galega cortada em tiras muito finas (é comum acompanhar rodelas de chouriço).

 

{ foto Testemade }

 

 

PRATO PRINCIPAL

 

O bacalhau pode ser considerado o símbolo da gastronomia portuguesa. Existem várias formas de servir esse peixe, mas uma das mais clássicas é o “Bacalhau à Gomes de Sá”, feito com batatas, cebolas, ovos cozidos e azeitonas pretas. O polvo também é um alimento de grande expressão na culinária açoriana. A versão “à lagareiro” é uma das formas mais apreciadas, onde o ingrediente principal é regado com azeite, temperado com muito alho e acompanhado de batatinhas assadas.

 

 

 

SOBREMESA

 

Quando o assunto é esse fica difícil escolher uma guloseima só, mas como contei no início do post descobri um doce portuga sem lactose <3 que fiquei fã: o toucinho do céu! É um “bolo” feito com açúcar em ponto pérola com amêndoas moídas e bastante gema de ovo. O pastel de nata é o doce português mais conhecido e muitos brasileiros costumam chamar de “Pastel de Belém”. O “Travesseiro de Sintra” é feito de massa folhada, coberta com açúcar e recheada com creme de ovos e amêndoas. Outra opção tradicional são os “Ovos Moles de Aveiro”, aquele da “casca” feita com a mesma massa da hóstia, e dentro um creme de gema de ovos.

 

 

 


Deixe uma resposta

*